About the Author

author photo

WWS is all about your success. The goal of the site is to educate people from around the world on the art of success, so that they can be better equipped to reach their full potential and achieve their dreams.

See All Posts by

[lang_en]What is the Secret of Success? [lang_pt]Qual o Segredo do Sucesso? [lang_es]¿Cuál es el Secreto del Éxito?



[lang_en]You must have heard the old cliché that success is 1% inspiration and 99% perspiration.  How about the joke about the guy in New York who wanted directions to Carnegie Hall: “How do you get to Carnegie Hall?” he asked someone on the street, who responded: “Practice, practice, practice!”  This general notion that practice and hard work are important to achieve success has been around for a long time.  But now research has not only confirmed the importance of practice and hard work, but has also claimed that this is all that matters, and that natural talent is irrelevant. 

According to an article by Geoffrey Colvin on CNNMoney.com, researchers have discovered the secret to success:  Painful and demanding practice and hard work.   Keep in mind that success here is narrowly defined as your ability to do a specific activity extremely well, meaning, better than most people.  We instinctively assume that extremely talented people are born that way, and have something in their genes that the rest of us do not possess.  Nonsense, claim the researchers.  They have not found any evidence is their research that supports the notion that being talented is a consequence of possessing innate gifts.

What they have found instead is that in almost all fields, most people learn very quickly at first, but then the speed of learning is reduced and eventually the learning process stops completely.   Except that a few people are able to continue learning and improving for several years and even decades and eventually become excellent in what they do.   The other significant conclusion from their research is that no one can be great without hard work.  It is really this simple: no pain, no gain!

The evidence has shown that most talented people need a minimum of ten years of hard work before they become great, and in some fields they need even more.   There are some great examples in the world of sports that confirm these findings.   Take Michael Jordan as an example.  Naturally talented, you say?  Not so.  Michael was fanatic about practicing, and did not show great talent at an early age – he didn’t even make his high school team.  Ok, but how about Tiger Woods?  It just so happens that Tiger’s dad got him started at a very young age, so by the time he became a well-known champion he had already put in more than 15 years of practice.  And even though he is one of the greatest golf players ever, he still practices diligently and keeps trying to get better.

The kind of practice that makes champions, or great performers in any field, requires much more than just putting in the hours.  The practice needs to be deliberate, meaning you have to set goals that are progressively more difficult.  You must also monitor your progress and make adjustments, or refinements, to keep on improving.  And one more requirement:  you must practice regularly.  Inconsistent or sporadic practice does not produce the same results.

Not all scientists are in complete agreement that hard work and practice are all that matter regardless of your natural talents.  But there is overwhelming evidence that deliberate practice leads to great performance, even for someone that showed no early signs of natural talent.   So if you want to be great in any field, all you have to do is work hard at it.  But working hard is not something that just anyone is willing to do, because the extra effort required to achieve greatness implies pain and difficulty for many years.  So the question that still remains unanswered is why are a few people able and willing to go through what it takes to achieve greatness, while most people would rather avoid all the hard work and pain.

There are many factors that influence success and many qualities that we typically associate with greatness: Good genes, education, courage, intelligence, vocation, positive environment, etc. These may all be important, but even if you lack one or more of these ingredients, evidence shows that it should not stop you from being as good as you want to be in any field you choose to pursue.  What this research is telling us is that any of us can achieve greatness, regardless of any pre-wired limitations that you may have thought you had.  And this opens up a whole new world of possibilities.

If hard work and practice is all it takes to achieve greatness, then, if you are serious about achieving greatness in a particular area, what you need to is figure out a method for staying motivated so that you won’t quit no matter how difficult the task at hand may seem to be.  You have to be patient and give yourself time to improve.   Remember, in most fields a minimum of 10 years of practice is required.

So here you have it.  The key to success, which for the purposes of this article is defined as being great at something, is to be motivated enough to work hard and be persistent for a long period of time.  How do you stay motivated? Motivation is a broad discussion in and of itself and is covered in several other articles.

[lang_pt]Você já deve ter ouvido falar que o sucesso é 1% inspiração e 99% perspiração. Talvez tenha até ouvido falar na piada sobre o cara que pediu direção para ir ao Carnegie Hall, um famoso teatro em Nova Yorque: “Como que eu chego no Carnegie Hall?” ele perguntou a alguém na rua, que respondeu: “Pratique, pratique, pratique!”  Esta idéia de que a prática e o trabalho árduo são importantes para alcançar o sucesso não é nenhuma novidade, e é bem conhecida por todos.  Mas agora pesquisas estão mostrando que não só a prática e o trabalho árduo são importantes, mas que são as únicas coisas que realmente importam, e que o talento natural é irrelevante.

De acordo com um artigo publicado por Geoffrey Colvin em CNNMoney.com, os pesquisadores descobriram o segredo do sucesso: Prática exigente e trabalho duro.  Lembre-se que o sucesso está sendo definido aqui de uma forma bem reduzida, significando a sua abilidade de fazer uma atividade específica extremamente bem, quer dizer, melhor do que a maioria das pessoas.  Nós supomos instintivamente que as pessoas talentosas nasceram desta maneira, e têm algo em seus genes que o resto de nós não possui.  Os pesquisadores dizem que este não é o caso.  Eles não encontraram nenhuma evidência em suas pesquisas que suportam a noção de que ter talento é uma conseqüência de qualidades naturais.

O que descobriram é que em quase todos os campos, a maioria das pessoas aprendem muito rapidamente no início, mas a velocidade da aprendizagem é reduzida e eventualmente o processo de aprendizagem para completamente.  Com excessão de algumas pessoas que continuam aprendendo e melhorando por vários anos, ou até décadas, e eventualmente se tornam excelentes no que fazem.  A outra conclusão significativa dessas pesquisas é que ninguém pode atingir excelência sem trabalhar duro.  É realmente bem simples: sem dor, não há ganho!

A evidência dessas pesquisas mostrou que a maioria das pessoas talentosas precisam de no mínimo dez anos de trabalho árduo para se tornem excelentes, e em alguns campos precisam até mais.  Há alguns bons exemplos no mundo dos esportes que confirmam estas descobertas.  Por exemplo, vejamos Michael Jordan, o grande jogador americano de basquete.  Você acha que ele chegou aonde chegou porque tem talentos naturais?  Na verdade não é bem assim.  Michael era fanático pela sua prática no basquete, e treinava por muito mais tempo e com mais intensidade do que os seus colegas.  Ele não mostrou nenhuma indicação de ter grandes talentos quando era pequeno – tanto que nem foi selecionado para o time da sua escola secundária.  Tudo bem, mas e no caso do Tiger Woods, um dos melhores jogadores de golf de todos os tempos?  O pai do Tiger começou a treiná-lo com menos de dois anos, de forma que quando ele chegou as ser um campeão bem conhecido ele já tinha praticado por mais de 15 anos.  E apesar de ser um dos melhores jogadores de golf de todos os tempos, ele ainda pratica constantemente para tentar melhorar ainda mais.  Você sabe porque o Zico batia falta com tanta perfeição?  Ele ficava treinando depois que todo mundo já tinha indo embora.  Ele colocava a sua camisa pendurada na trave e ficava tentando acertá-la com precisão, até chegar ao ponto da perfeição.

O tipo de prática que faz campeões, ou pessoas excelentes em qualquer campo, requer muito mais do que apenas passar tempo praticando.  A prática necessita ser deliberada, quer dizer, você tem que almeijar objetivos que são progressivamente mais difíceis.  Você deve também monitorar o seu progresso e fazer ajustes para continuar melhorarando.  E tem mais uma exigência: você precisa praticar regularmente.  A prática inconsistente ou esporádica não produz os mesmos resultados.

Nem todos os cientistas estão de acordo com a conclusão de que o trabalho árduo e a prática são as únicas coisas que importam e que os talentos naturais são irrelevantes.  Mas a evidência é clara que a prática deliberada leva a um grande desempenho, mesmo para alguém que não mostrou nenhum sinal de talento natural quando pequeno.  Assim sendo, se você quiser ser excelente em qualquer campo, tudo o que você fazer é trabalhar no seu objetivo arduamente.  Mas trabalhar arduamente não é uma coisa que qualquer um está disposto a fazer porque o esforço extra requerido para conseguir excelência pode significar dor e a dificuldade por muitos anos.  Assim sendo, a pergunta que permanece ainda não respondida é: Por que algumas pessoas são capazes de sustentar períodos longos de trabalho árduo, enquanto que a maioria das pessoas preferem evitá-los?

Há muitos fatores que influenciam o sucesso e muitas qualidades que nós associamos com característica de excelência:  Bons genes, educação, coragem, inteligência, vocação, ambiente positivo, etc.  Todos estes itens podem ser importantes, mas mesmo se você não tiver um ou mais destes ingredientes, a evidência da pesquisa mostra que isso não lhe impede de alcançar a excelência no seu campo de atuação.  A pesquisa nos está dizendo que qualquer um de nós pode conseguir excelência, não obstante todas as limitações naturais que a gente acha que tem.  E isso nos abre um novo mundo de possibilidades.

Se o trabalho árduo e a prática forem tudo que é necessário para conseguir excelência, então, se você estiver sério a respeito da realização da excelência em qualquer campo, tudo o que você precisa fazer é descobrir um método para permanecer motivado de forma que você não pare, seja lá qual for a dificuldade da tarefa. Você tem que ser paciente consigo mesmo e se dar tempo para melhorar.  Lembre-se que um mínimo de 10 anos de prática é requerido na maiorias dos campos de atuação.

Então aqui está o segredo. Para atingir o sucesso, que para as finalidades deste artigo é definido como ser excelente em algum campo, você tem que estar motivado o suficiente para trabalhar arduamente durante longo períodos de tempo e ser persistente.  Como você se mantém motivado?  A motivação é uma matéria ampla que é discutida em diversos outros artigos neste site.

[lang_es]Debes haber oído el viejo cliché que el éxito es 1% inspiración y 99% transpiración.  Debes haber oído también la broma sobre el individuo que deseó direcciones a Carnegie Hall, un famoso teatro en Nueva York: “Cómo consigo llegar a Carnegie Hall?” él preguntó a alguien en la calle, que respondió: “¡Práctica, práctica, práctica!” Esta noción de que la práctica y el trabajo duro son importantes para alcanzar el éxito ya es conocida por mucho tiempo.  Pero ahora unas pesquisas no sólo han confirmado la importancia de la práctica y del trabajo duro, pero también han demostrado que son todo lo que importa, y que el talento natural es irrelevante.

Según un artículo de Geoffrey Colvin en CNNMoney.com, los investigadores han descubierto el secreto al éxito: Práctica dolorosa y exigente y trabajo duro.  En este artículo el éxito está definido de forma estrecha como tu capacidad de hacer una actividad específica extremadamente bien, es decir, mejor que la mayoría de la gente.  Asumimos por instinto que la gente extremadamente talentosa nace de esta manera, y tiene algo en sus genes que el resto de nosotros no posea.  Los investigadores dicen que eso no es verdad.  No han encontrado ninguna evidencia en su investigación que apoya la noción que el ser talentoso es una consecuencia de poseer los regalos naturales.

Qué han encontrado es que en casi todos los campos, la mayoría de la gente aprende muy rápidamente al principio, pero entonces la velocidad de aprender se reduce y eventualmente el proceso de aprendizaje para totalmente.  Salvo que algunas personas pueden continuar aprendiendo y mejorando por varios años y décadas y llegan eventualmente a ser excelentes en lo que hacen.  La otra conclusión significativa de la investigación es que nadie puede ser excelente sin trabajo duro.  Es realmente muy simple: ningún dolor, ningún aumento!

La evidencia ha demostrado que la mayoría de la gente talentosa necesita un mínimo de diez años de trabajo duro antes de tornarse excelente, y en algunos campos necesita aún más.  Hay algunos buenos ejemplos en el mundo de los deportes que confirman estos resultados.  Toma Michael Jordan como ejemplo.  ¿Naturalmente talentoso, dices?  No tan.  Michael era fanático sobre practicar, y no demostró gran talento en una edad temprana – él incluso no hizo su equipo de la escuela secundaria.  ¿Cierto, pero que tal Tiger Woods?  Apenas sucede tan que el papá de Tiger lo consiguió empezado en una edad muy joven, así que en el momento que él hizo un campeón bien conocido él había puesto ya más de 15 años de práctica.  Y aunque él es uno de los jugadores más grandes del golf, él todavía practica diligentemente y tienta mejorar aún más.

La clase de práctica que haga a campeones, o a grandes ejecutantes en cualquier campo, requiere mucho más que apenas practicar por varias horas.  La práctica necesita ser deliberada, significando que tienes que fijar las metas que son progresivamente más difíciles.  Debes también supervisar tu progreso y hacer ajustes, o refinamientos, para guardar en mejorar.  Y un más requisito: debes practicar regularmente.  La práctica esporádica no produce los mismos resultados.

No todos los científicos están en el acuerdo completo que el trabajo duro y la práctica son todo que importa sin considerar tus talentos naturales.  Pero la evidencia muestra que la práctica deliberada conduce al gran resultado, incluso para alguien que no demostró ninguna muestra temprana del talento natural.  Tan si deseas ser grande en cualquier campo, todo lo que tienes que hacer es trabajar duro en él.  Pero el trabajo duro no es algo que cualquier persona está dispuesto a hacer, porque el esfuerzo adicional requerido para alcanzar grandeza implica dolor y dificultad por muchos años.  La pregunta que todavía sigue habiendo por contestar es tan porqué son algunas personas capaces de pasar por todo eso para alcanzar la grandeza, mientras que la mayoría de la gente evitaría todo el trabajo duro y dolor.

Hay muchos factores que influencian el éxito y muchas calidades que asociamos típicamente a excelencia: Buenos genes, educación, valor, inteligencia, vocación, ambiente positivo, etc.  Éstos pueden todos ser importantes, pero aunque careces uno o más de estos ingredientes, la evidencia demuestra que puedes ser tan bueno cuanto deseas en cualquier campo que elijas perseguir.  Qué esta investigación nos está diciendo es que cualesquiera de nosotros puede alcanzar grandeza, sin importar cualquier limitación natural que pudiste haber pensado tenías.  Y esto abre un mundo nuevo de posibilidades.

Si el trabajo duro y la práctica es todo que necesitas para alcanzar la grandeza, entonces, si eres serio sobre la realización de grandeza en una área particular, qué necesitas es descubrir un método para permanecer motivado de modo que no pares no importa cómo es difícil la tarea.  Tienes que ser paciente con tú mismo y dar tiempo para mejorar.  Recuerde que, en la mayoría de los campos, se requiere un mínimo de 10 años de práctica.

Tan aquí lo tienes.  La llave al éxito, que para los propósitos de este artículo se define como ser grande en algo, es ser motivado bastantes a trabajar duro y a ser persistentes durante un largo periodo de tiempo.  ¿Cómo permaneces motivado?  La motivación es una amplia discusión y se cubre en varios otros artículos en este sitio. 





There Are 5 Responses So Far. »

  1. all true!

  2. […] nature versus nurture debate has been around for a long time.  In the article What is the Secret of Success?  we discussed how some researchers have come to the conclusion that hard work is a stronger […]

  3. […] the impact that his innate talent and work ethics has had on his success.  In the article What is the Secret of Success? we explored the issue of effort versus natural talent extensively.  Let’s see what Will […]

  4. […] immediate gratification will be more successful than those that were not as lucky.  However, other studies have shown opposing views that go as far as attributing success completely to effort and practice, […]

  5. […] Geoffrey James wrote an article for Inc.com with the title “True Secret to Success (It’s Not What You Think)”  The title of the article alone gets you thinking.  Well, he says it is not what I think, but do I even know what it is that I think?  What do I really think it is the secret of success? […]

Post a Response